O Espírito Santo já tem mais de 2.400 mortes causadas pelo novo coronavírus, mas cinco cidades não perderam ninguém para a pandemia até esta terça-feira (28). É o caso de Vila Pavão e Governador Lindenberg, na Região Noroeste; Divino de São Lourenço e Iconha, no Sul; e de Brejetuba, na parte Serrana.

Slider

Embora todas tenham menos de 20 mil habitantes, elas não são as menores do Estado e nem as que têm menos casos confirmados da Covid-19. Então, o que explica essa ausência de óbitos nesses municípios, depois de cinco meses do primeiro diagnóstico positivo em território capixaba?

Doutora em epidemiologia, a professora Ethel Maciel afirmou que não é possível indicar quais as razões exatas para essa realidade e que ainda é cedo para tirar uma conclusão. Apesar disso, ela garantiu que esse é um ótimo indicador e essas cidades podem se tornar alvo de estudos no futuro.

“São apenas hipóteses, mas pode ser a proporção de pessoas idosas e com alguma comorbidade na população. Pode ser que essas cidades tenham muitos moradores que vivem em propriedades rurais e que eles se mobilizem menos”

Fonte: A Gazeta