Vereador é preso como mandante do assassinato de ativista em Linhares

O vereador Waldeir de Freitas é suspeito de mandar matar o ativista Jonas Soprani em maio deste ano, em Linhares

O vereador Waldeir de Freitas Lopes foi preso pela polícia, na manhã desta quinta-feira (29), suspeito de ser o mandante do assassinato do ativista político Jonas Soprani em maio de 2021.

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio de informações repassadas pela polícia do Espírito Santo, efetuou a prisão do vereador.

De acordo com a Polícia Civil de Linhares, foi identificado que o suspeito estava em um hotel de Belo Horizonte.

O vereador Waldeir estava participando de um curso na cidade mineira quando foi detido pela polícia. O suspeito será levado de volta ao ES.

Segundo o delegado regional de Linhares, Fabrício Lucindo, três suspeitos já estão presos.

“Com a prisão do mandante do ativista Jonas Soprani, em maio de 2021, nós fechamos o ciclo da investigação. Estão presos um dos atiradores, o intermediário, quem levou os bandidos para assassinarem Jonas e o mandante do crime”.

O delegado ressaltou ainda que com os trabalhos feitos de busca e apreensão, foi possível localizar e identificar as roupas que os criminosos usaram no dia do crime.

“A investigação será finalizada pela DHPP. O procedimento será encaminhado para a Justiça com a representação pela prisão preventiva de todas as pessoas que participaram de alguma forma no crime. E, a partir de agora, depende do Ministério Público e do Poder Judiciário”, afirmou o delegado.

A Câmara Municipal de Linhares informou, por meio de nota, que não foi notificada sobre a prisão do vereador.

Além disso, destacou que o inquérito policial tramita em segredo de Justiça e que, por isso, está impossibilitada de avaliar qualquer eventual providência.

“A Câmara aguarda a conclusão das investigações e permanece à disposição das autoridades”.

O vereador Waldeir de Freitas publicou nas redes sociais pouco tempo depois do assassinato, uma mensagem de lamento pela morte do ativista Jonas Soprani. Na legenda, o mandante do crime dizia estar de luto pelo amigo.

Após a divulgação da notícia de ser o mandante do crime contra Jonas, Waldeir foi bombardeado nas redes sociais por internautas que criticaram a atitude do suspeito.

Fonte: Folha Vitória