O Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) decidiu pelo afastamento do prefeito de Conceição da Barra, Francisco Vervloet, e o vice dele, Jonias Dionizio Santos, por abuso de poder político. A decisão foi informada a Câmara de Vereadores do município nessa quinta-feira (12) e, nesta sexta-feira (13), o presidente da casa, Mateuzinho, assumiu o cargo.

Antes de vencer a eleição para prefeito, Chicão foi secretário de Assistência Social durante o governo de Jorge Donati.

Segundo a acusação no TRE, durante a disputa eleitoral de 2016, em que Chicão concorreu para prefeito, ele praticou uma conduta proibida em pleno eleitoral por estar a frente de um programa social de cursos de qualificação.

Por causa disso, Chicão e Jonias tiveram o cargo cassado em setembro de 2019 por abuso de poder político. Por uma liminar, eles voltaram para a administração do executivo municipal no final de 2019. A defesa de Chicão e Jonias informou que irá recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

Presidente da Câmara, Mateuzinho

Com o afastamento dos dois, o presidente da Câmara, o vereador Mateuzinho, tomou posse da prefeitura na manhã desta sexta-feira (13) e se reuniu com os secretários e servidores do município.

Fonte: G1