Na próxima quarta-feira (19), o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e a Prefeitura Municipal de São Roque do Canaã realizarão um dia de campo para a divulgação da tecnologia do “Projeto Barraginhas” no município. O evento, que será realizado na propriedade dos senhores Expedito e Roberto Bride, abordará a importância da utilização da tecnologia para manejo e conservação do solo e da água, demonstrando na prática através das Barraginhas já implantadas.

A propriedade dos senhores Expedito e Roberto, que são pai e filho, situada na comunidade de Rio Perdido, em Alto Santa Júlia, é uma unidade de referência do projeto. Eles cultivam café Arábica e Conilon na região há mais de 40 anos.

Segundo Roberto, as barraginhas já vêm mostrando seu funcionamento contendo as enxurradas, pois as nascentes e barragem que assoreavam não tiveram este problema nas últimas chuvas.

“Uma grande vantagem que a gente vê é que a água ficou retida na barraginha. Com as chuvas que caíram, a água ia descer e parar na barragem que temos mais embaixo, podendo gerar o assoreamento dela. Mas, as barraginhas ela ficou retida e já infiltrou”, afirmou.

No local encontram-se instaladas duas barraginhas no formato semicircular desde o mês de novembro de 2019. Ambas captaram as águas das chuvas que caíram desde então. A propriedade recebeu a segunda das 10 unidades de referência implantadas pelo projeto em áreas privadas no Espírito Santo.