Pandemia impacta no número de biópsias e reflete em casos graves de câncer

De maio a setembro de 2020, no Espírito Santo, houve uma redução de 80% do volume de biópsias

A pandemia da Covid-19 que atingiu diversos países, entre eles o Brasil, gerou muitos impactos na população. Médicos ao redor do mundo registraram uma queda na procura dos serviços de assistência em diversos casos graves, entre eles, o câncer. Neste dia 08 de abril, em que se comemora o Dia Mundial da Luta Contra o Câncer, o alerta é sobre a descoberta precoce da doença.

O Dia Mundial de Luta contra o Câncer foi instituído para chamar a atenção das pessoas sobre a importância de prevenção à doença, que, a cada ano, provoca cerca de 8 milhões de mortes no mundo. Estima-se que um terço dessas mortes poderia ter sido evitada com a detecção precoce e o consequente acesso aos tratamentos existentes.

De maio a setembro de 2020, no Espírito Santo, houve uma redução de 80% do volume de biópsias, de acordo com o chefe da Oncologia Meridional, Fernando Zamprogno. “Isso se reflete no aumento de casos mais avançados e com chances de cura reduzidos chegando aos consultórios.”, diz o médico.

Zamprogno alerta que o tempo é imprescindível quando se trata de câncer. “O câncer não espera. Suspender o tratamento por alguns meses ou deixar de procurar o médico quando perceber alguma alteração na saúde pode ter sérias consequências na evolução e, ainda, comprometer o bom resultado do combate à doença. O nosso temor é de que em pouco tempo haja uma “epidemia” de câncer em estágio avançado, inoperável ou com baixas chances de cura.”, afirma.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez uma projeção de 27 milhões de novos casos de câncer para o ano de 2030 em todo o mundo, e 17 milhões de mortes pela doença. De acordo com a OMS, os países em desenvolvimento serão os mais afetados, entre eles o Brasil. “Em casos como, câncer de mama, de colo do útero, colorretal, pele, oral e alguns tipos de câncer infantil, a detecção pode ocorrer bem no início e, quanto mais cedo for detectado o tumor, maior é a chance de cura.”, alerta o oncologista.

O especialista ressalta, também, que as recomendações para evitar aglomeração e os cuidados básicos para evitar o contágio pela Covid-19 são extremamente importantes, mas em casos de sintomas suspeitos, a pessoa deve entrar em contato com o seu médico para receber as orientações sobre a melhor forma de proceder.