Nova Venécia adere a decreto do Estado e quarentena vale a partir de amanhã no município

Durante reunião ficou definido ainda que serão intensificadas ações de fiscalização e sanções para quem descumprir medidas

O prefeito de Nova Venécia, André Fagundes, anunciou, nessa quarta-feira (17), que o município vai seguir o decreto de quarentena do Governo do Estado, fechando o comércio varejista a partir de amanhã (18) por 14 dias.

A decisão foi anunciada pelo chefe do executivo veneciano após a votação e aprovação pelos integrantes do Comitê de Gestão de Crises de Nova Venécia.

A reunião aconteceu por videoconferência e contou com a participação do Ministério Público, representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil, CDL, vereadores, secretários, Vigilância Epidemiológica, Fiscalização e sociedade civil.

Com a decisão, fica liberado para funcionar apenas o comércio essencial que engloba supermercados, farmácias, lojas agropecuárias, oficinas, entre outros. A medida vale até o próximo dia 31.

Durante a reunião, os participantes ainda deram orientações para que a população não permaneça nas ruas após as 21h. O prefeito afirmou que o decreto municipal será publicado ainda na manhã desta quinta-feira (18).