Linhares | Consumo Aumenta e PRF apreende 3 Cargas de Cerveja em apenas 48hs. Todas sem Nota Fiscal

Beber cerveja, assim como fazer churrasco, é um hábito coletivo, que reúne familiares e amigos. Na época de isolamento social, as aglomerações foram proibidas. Mas o consumo da bebida não.

Slider

A Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead) divulgou recentemente um crescimento de 38% na venda de bebidas alcoólicas nas distribuidoras e 27% nas lojas de conveniência do país. Um reflexo disso são as 3 apreensões feitas pela Polícia Rodoviária Federal em Linhares, nas últimas 48hs.

1ª Apreensão

A primeira apreensão da PRF aconteceu, na madrugada dessa terça-feira (21), após uma fiscalização em um carregamento de aproximadamente 18.000 litros de cerveja.

Agentes da PRF realizavam fiscalização no km 152 da BR 101, em Linhares, quando abordaram uma carreta Volvo/FH 440 carregada com 1.500 engradados de cerveja. O condutor declarou que viajava de Salvador com destino à capital Vitória, onde deixaria a carga.

Ao ser requerida pelos policiais não foi apresentada a respectiva Nota Fiscal, restando comprovado o transporte de mercadoria nacional sem a devida a comprovação fiscal. O veículo e a respectiva carga foram retidos e entregues à Fiscalização da Receita Estadual (SEFAZ-ES) para adoção das providências pertinentes.

2ª Apreensão

A segunda apreensão da PRF foi, no início da noite dessa terça-feira (21), durante outra fiscalização no Km 152 da BR 101, em Linhares.

Agentes da PRF abordaram por volta das 17h30, um caminhão que transportava 68.640 latas de 350 ml de cerveja, com aproximadamente 24.024 litros de cerveja, conforme nota fiscal avulsa apresentada pelo condutor.

A Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo (SEFAZ) foi acionada, e seus agentes constataram indícios de adulteração na nota fiscal. A carga foi encaminhada à SEFAZ para as providências cabíveis.

3ª Apreensão

Equipe da PRF de Linhares abordou um caminhão VW 24280 com três ocupantes e ao realizar vistoria na carga do veículo, localizou 450 cx litrões, 920 pacotes de latões, 200 cx litrinhos, 28 cx 600 ml e 180 pacotes de refrigerante, todos sem nota fiscal.

Foi acionada a equipe da Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo (SEFAZ) para a apreensão do veículo/carga e adoção dos procedimentos cabíveis. A multa fiscal correspondente à falta de comprovação fiscal dessa carga, pode chegar a R$55.000,00.