Faltam poucos dias para a realização da Black Friday Brasil, uma campanha de vendas on-line anual que oferece altos descontos nos estabelecimentos credenciadas. 

O comércio eletrônico brasileiro movimenta bilhões de reais todos os anos. Valores mais baixos, facilidade em pesquisar os preços dos produtos em diferentes lojas e comodidade são alguns dos motivos pelos quais os consumidores optam pelas “lojas virtuais”, mas é preciso atenção na hora da compra para evitar prejuízos com fraudadores e outros problemas.

Segundo a diretora-presidente do Procon-ES, Lana Lages, a primeira dica para quem está pensando em comprar algo é pesquisar desde já os preços dos produtos em diferentes lojas virtuais participantes da campanha e até mesmo em lojas físicas para verificar se o produto ofertado tem, de fato, uma redução no preço.

Lana Lages alerta, ainda, sobre fraudes no comércio eletrônico. “Uma fraude muito comum no universo de quem é adepto das compras virtuais está relacionada à clonagem de sites, que ficam idênticos aos das lojas oficiais. Os fraudadores capturam os dados do cartão de crédito, números dos documentos e senhas do consumidor no momento em que ele pensa estar realizando a sua compra. Uma dica é pesquisar as lojas credenciadas no site www.blackfriday.com.br e observar o nome e o endereço do site, no link que aparece na barra do navegador, que pode ser parecido, mas não é igual ao da loja oficial. O consumidor também deve ter muita atenção nas compras realizadas pelo Instagram. Existem perfis falsos na rede social”, ressaltou.

Fonte: Folha Vitória