“Estamos com medo de sair na rua”.

Essa foi a frase utilizada por Elisângela Mota Delcaro, sobrinha do senhor de 69 anos, suspeito de ter sido contaminado pelo novo coronavírus em um velório do seu sobrinho no Rio de Janeiro.

O sobrinho, de 39 anos, morreu de enfarto fulminante, no dia 27 de março. Uma tristeza para qualquer família, por mais forte e unida que ela seja. Como era uma sobrinho muito amado a família decidiu ir ao velório, feito no dia 28 de março.

Na volta do velório, apesar de todos os cuidados tomados, o senhor de 69 anos apresentou sinais de gripe. Como o Rio de Janeiro é um epicentro do novo coronavírus e por esse senhor estar no grupo de risco, a família optou por levá-lo ao hospital, onde foi colhido material para exame.

No sábado (4), por volta das 20hs, a família recebeu mais uma triste notícia. O pai do rapaz que morreu de enfarto, uma pessoa de idade avançada, com seus 75 anos, também faleceu. O motivo de sua morte pode estar ligado à tristeza da perda do filho tão querido.

Nada, até agora, relacionou a segunda morte no Rio de Janeiro ao novo coronavírus. Por precaução e vontade própria, as pessoas que foram ao velório estão de quarentena, sem qualquer sinal da doença.

Segundo Elisângela, muitas fake news vem sendo espalhadas pelas redes sociais. Fotos de sua família, de seu pai, de seu esposo e outros que não são suspeitos de ter contraído o Covid-19, circulam em grupos de WhatsApp.

Ouça o áudio que relata a tristeza da família

A família Mota é uma família tradicional e muito conhecida em Nova Venécia. Essa família enfrenta um momento já muito triste e difícil, com a perda de 2 parentes querido, numa só vez. O senhor de 69 anos está internado no Hospital Roberto Silvares em São Mateus. As orações de seus amigos, conhecidos, parceiros e parentes serão bem vindas.

A família pede a todos que não divulguem notícias falsas com o objetivo de denegrir as pessoas. Queremos ressaltar que enfrentamos não só o coronavírus, mas resfriados, gripes, dengue, chikungunya, zika, problemas cardíacos, diabetes, pressão alta, asma e muitas outras doenças que tentam todo dia nos matar. Não somos os únicos nem seremos os últimos a sofrer com as doenças, mas unidos somos mais fortes.

Nós do Portal de Notícias Nova Onda Online e Rádios Nova Onda pedimos a toda a população que dê apoio aos pacientes suspeitos e infectados, para que eles se restabeleção o mais breve possível. Não divulguem o ódio e o medo em Redes Sociais e Grupos de WhatsApp. Vamos juntos conter essa doença. Fique em Casa !!!