Um dentista foi preso em flagrante por suspeita de estelionato, nessa quinta feira (21), em Nova Venécia. A prisão foi feita pela Delegacia Especial de Investigações Criminais (DEIC), com apoio da polícia militar.

O dentista, que veio de Sorocaba, interior de Sao Paulo, estava atuando em Nova Venécia há apenas uma semana. Ele tinha um contrato com um clínica dentária do município, onde, o combinado seria dividir meio a meio os valores dos tratamentos pagos pelos pacientes.

Segundo investigações, o suspeito cobrou R$ 3 mil reais de um paciente, por fora do valor já cobrado pela clínica, prometendo realizar um procedimento dentário em outra clínica, que não realizou.

Quando o paciente suspeitou que o dentista o estava enrolando, pediu o dinheiro de volta e o suspeito falou que já tinha gastado praticamente tudo.

A Policia foi em busca do acusado, conseguindo sua prisão. Com ele foi encontrado mais de mil reais escondidos dentro das meias, cuecas e sapatos. Provavelmente ele iria fugir hoje.

Ao ser preso, ele ainda tentou se justificar alegando que o procedimento era complexo e que teria que levar o paciente para São Mateus.

Segundo o delegado que efetivou a prisão, Douglas Trevizani Sperandio, ele foi autuado em flagrante por estelionato e conduzido para o CDP de São Mateus.