95% das Academias não Abriram no ES

Apesar do decreto do governo do Estado que permite a abertura das academias, 95% dos estabelecimentos continuam fechados. O motivo é o limite de cinco alunos por hora para academias com mais de 75 metros quadrados, o que iria gerar ainda mais prejuízos, segundo os empresários.

Slider

Descontentes com as limitações, donos de academia vão buscar novo diálogo com o governo do Estado. O objetivo é aumentar o número de alunos atendidos, como previam as normas criadas pela Associação das Academias de Ginástica do Espírito Santo (Acages).

A proposta é para que 10 alunos possam fazer atividades em um espaço de 120 metros, por exemplo. A quantidade de clientes poderia aumentar conforme o tamanho do estabelecimento. “Vamos propor uma nova conversa para reajuste nas normas impostas sem que haja comprometimento da integridade de clientes e funcionários, bem como da parte financeira dos estabelecimentos”, afirmou o representante da Acages, Armando Fontoura.

Ao todo, são 1.369 academias, estúdios e box no Estado, sendo que menos de 60 abriram as portas ontem. Proprietário da rede Razões do Corpo, com academias em Vitória e na Serra, Marcus Frizzera ressaltou que as medidas propostas pela associação não iriam prejudicar a saúde da população.

Já a secretária estadual de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, reconheceu a dificuldade das academias maiores, mas afirmou que liberar a utilização por mais pessoas não foi possível por conta do alto número de contágio na Grande Vitória. “A situação da pandemia se agravou no Estado, então não era oportuno fazer dessa forma agora. Mas vamos avaliar a situação a cada semana”, ressaltou Lenise Loureiro.

Fonte: A Tribuna