2° BPM de Nova Venécia participa da Operação Visibilidade

A Polícia Militar do Espírito Santo realizou mais uma operação importante nesta quinta-feira (26), em todo o território capixaba. Com foco em trazer tranquilidade e ainda mais segurança ao cidadão, a Operação Visibilidade foi desencadeada nas principais vias de circulação e pontos estratégicos dos municípios, contando com o reforço de 450 policiais militares a mais nas ruas e 140 viaturas.

O Segundo Batalhão de Polícia Militar, comandado pelo Tenente-coronel Mário Marcelo Dal Col, participou fortemente da operação. Bloqueios foram instalados em diversos pontos dos municípios de Nova Venécia, Boa Esperança, Montanha, Mucurici, Pinheiros, Ponto Belo, São Gabriel da Palha, Vila Pavão e Vila Valério.

As ações tiveram o apoio da Polícia Civil e da Guarda Municipal que, de forma integrada, fortificaram as operações de cerco tático e blitzen de trânsito, com abordagem a veículos e pessoas em fundada suspeita. O efetivo administrativo das Unidades Operacionais reforçou o policiamento nas principais áreas comerciais e de maior movimentação.

Presente nos pontos de bloqueio da operação, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus, juntamente com o subcomandante-geral, coronel Marcio Celante Weolffel, acompanharam de perto as equipes durante as ações de policiamento. “O reforço da Polícia Militar, juntamente com a Polícia Civil e a Guarda Municipal aumenta a segurança do trabalhador capixaba que circula por essas vias, evitando crimes e prendendo os infratores da lei”, frisou.

O secretário de Segurança Pública, coronel Alexandre Ofranti Ramalho reafirmou que o foco é levar tranquilidade ao cidadão de bem com a presença dos agentes de segurança nas ruas, trabalhando conjuntamente para coibir a criminalidade.

Resultados

A Polícia Militar contabilizou mais de 3.500 pessoas abordadas em toda a operação. Destas, sete foram conduzidas ao DPJ e um fugitivo do sistema prisional foi recapturado. No total, 899 veículos de passeio foram abordados, além de motocicletas (1.233), coletivos (49) e táxis (40). Neste cenário, três veículos foram removidos por estarem envolvidos em ocorrência criminal. Ao todo, 242 Autos de Infração de Trânsito (AIT) foram confeccionados e cinco Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) foram apreendidas.